O que é a placenta?

9 de maio de 2016

A placenta é um órgão que existe durante a gravidez. Dessa forma,  possui várias funções como aconchegar adequadamente o feto que se forma dentro do útero, produção de hormônios e proteção contra impactos. Porém, a principal função dela é repassar nutrientes e oxigênio do sangue da mãe ao bebê. Ela também dá proteção imunológica e expurga os resíduos que a criança produz como a urina, por exemplo.

Como se forma a placenta?

A placenta se forma a partir da 2ª semana pelos tecidos do óvulo, útero e feto, crescendo rapidamente; no primeiro trimestre ela já é maior que o bebê. A criança alcança o mesmo tamanho do órgão mais ou menos na 16ª semana de gestação. Em um parto normal, ela sai depois de 4 ou 5 contrações – menos dolorosas do que as contrações necessárias para expelir o filho.

O órgão se liga ao bebê através do famoso cordão umbilical. Esse canal é uma via de mão dupla: de um lado traz os nutrientes e o oxigênio da mãe pro bebê; do outro, leva embora os dejetos e dióxido de carbono da criança. O sangue dos dois nunca se mistura de fato.

Queremos listar agora algumas das alterações mais comuns que a placenta pode sofrer. Apesar desse “comum”, ainda sim é uma alteração, um ponto fora da curva, e qualquer coisa desse tipo tem que ser avisada e acompanhada pelo médico especialista.

  • Placenta prévia ou placenta baixa
  • Descolamento da placenta
  • Placenta acreta
  • Placenta calcificada ou envelhecida
  • Infarto da placenta ou trombose placentária
  • Rotura uterina

Deu pra sentir a importância do orgão na gestação de uma criança saudável, né? Ela também é a prova de como o corpo humano pode ser incrível e como é empolgante o estudo de seu funcionamento para nos entendermos melhor. Entendimento que é fundamental para a prevenção de doenças e complicações. Continue com a gente para ampliar o seu próprio conhecimento a cerca do corpo de uma mulher grávida e de um recém-nascido, continue com a #MãeQueAma

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.