Banho entre pais e irmãos

9 de maio de 2016

Os primeiros banhos de uma criança são horas mágicas para elas e para os pais. Temos novas sensações, momentos únicos e aprendemos muito um com o outro. Além de tudo isso, há as vantagens práticas como poupar tempo já que você se banha e dá banho ao mesmo tempo. Se for mais de um filho, também há vantagens; poupa-se mais tempo em banhar todo mundo junto e eles ainda podem brincar entre si e fortalecer laços.

Mas, à medida que vão crescendo, algumas mães sentem vontade ou necessidade de separá-los, especialmente quando se trata de irmãos de sexos diferentes, e não tomar banho nua junto com os filhos também. Esse tempo é muito subjetivo e vai depender de CADA criança. Fique atenta aos sinais. Enquanto todo mundo se sentir à vontade com a situação, não tem problema nenhum. Mas quando alguém sentir pudor ou desejar certa privacidade é hora de separar os irmãos na hora do banho. Ou mesmo quando um filho está tomando banho com a mãe ou uma filha com um pai e eles começam perguntar sobre “as partes diferentes”. Explique, pois isso é completamente normal e se trata de curiosidade. A criança ainda não tem malícia e pouco depois disso você pode acostumá-la a tomar banho só com você (de roupa) acompanhando-a.

Aliás, pode ser uma oportunidade pra explicar que essa região é íntima e que ninguém deve tocá-la. Aos poucos ela vai entendo conforme vai crescendo. Assim, você educa a criança a ter noção de limites, de respeitar o próprio corpo e o dos outros.

Você passou ou conhece alguém que vivenciou essa experiência? Como foi? Pode contar pra gente nos comentários.

Tags

Tags:, ,

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.